Website Error

Algo errado aconteceu.

Houve um problema ao fazer esse processamento.


Opening/closing quote not found for quote at (line 142, column 59)

Veja mais detalhes ou verifique os logs do sistema.

Stack Trace:

interno - comemoracao

Responsabilidade social entra em ação

A parceria Fenae/Moradia e Cidadania e Apcef/PR marca presença no evento esportivo realizado para 1.500 atletas empregados e empregadas da Caixa

ossa_430.jpg

 

A alegria, entusiasmo e o brilho no olhar das crianças e adolescentes da instituição Obra Social Santo Aníbal (Ossa) deram um tom especial ao espírito de integração e confraternização entre atletas que participam da 14ª edição dos Jogos da Fenae.

Entre os 12 a 14/11, um grupo de 40 crianças participa de uma extensa programação de atividades no evento. Neste domingo (13), elas realizaram visita guiada e trilha pela Apcef/PR, conversaram com atletas, além da expressão artística em forma de desenhos para relatarem a experiência vivenciada.

Depois de assistir a disputas de diferentes modalidades, Maria Burigo, de 10 anos, concluiu que as jogadoras de futebol são as melhores. “Gostei muito das jogadoras de futebol. Elas são melhores que o Neymar. Devem treinar muito. Uma delas me ensinou a fazer embaixadinha”, disse admirada. 

Mas foi a torcida que chamou a atenção de Nairelly Eduarda de Oliveira, de 11 anos. “Nós fizemos a torcida para os jogadores de futebol e foi por causa da nossa força que eles ganharam”, contou a menina.

Para o coordenador estadual da Moradia e Cidadania no Paraná, Celso Fernando Maricco, participar dos Jogos da Fenae é uma oportunidade única para as crianças. “É uma chance para despertar, estimular e desenvolver nas crianças o universo do esporte para que eles tenham conhecimento das modalidades e sintam o pulsar desse ambiente de confraternização. É importante conhecer a trajetória dos atletas com as suas dificuldades e vitórias”, avaliou Maricco.

Fenae/Moradia Cidadania e Apcef/PR

A Ossa é uma instituição assistida pela parceria entre a Fenae, Moradia e Cidadania e Apcef Paraná. O projeto “Educação e Cidadania, Superando Limites e Conquistando Sonhos”, aprovado no primeiro e segundo editais da parceria, tem como objetivo incentivar ações sociais para comunidades de baixa renda localizadas nas imediações da Apcef/PR. A Ossa atende cerca de 180 crianças de 6 até 17 anos em situação de risco e vulnerabilidade e social no contraturno escolar. 

O trabalho feito na área da educação prioriza o desenvolvimento cognitivo, coordenação motora fina e raciocínio lógico por meio de jogos pedagógicos e atividades lúdicas.  Após um diagnóstico sobre a situação das crianças após a pandemia foi constatado um déficit de aprendizagem. 

Outras atividades são oficinas, rodas de conversas com temas sociais como racismo, violência contra as mulheres e políticas públicas. Uma das diretrizes do projeto é dar condições de emancipação para que crianças e adolescentes possam transformar suas realidades quando não estiverem mais na instituição e ingressarem no mercado de trabalho.

Maria de Fátima Costamilan, coordenadora da Moradia e Cidadania no Paraná, destacou que a parceria com a Fenae e a Apcef/PR possibilitou a contratação de psicopedagogas, o que deu um salto na qualidade do trabalho de educação desenvolvido com as crianças. O projeto, implementado há um ano, prevê a presença da psicopedagoga três vezes por semana.

“Tivemos um diagnóstico que mostrou que o déficit de aprendizagem foi agravado com a pandemia. Eles têm bloqueios cognitivos porque tem situação de insegurança alimentar, violência doméstica e desvio de comportamentos familiares. Então é incrível esse investimento da Fenae nos profissionais de psicopedagogia para desenvolvimento das crianças”, destacou Maria de Fátima.

O vice-presidente da Apcef paranaense, José Megume Tanaka, destacou outras atividades contempladas no projeto. “Temos também na parceria aulas de instrumentos de metais. O nosso maestro Tadeu Malaquias dá aulas semanais dentro da instituição. Para o ano que vem iniciaremos a escolinha de futebol onde vamos abrir vagas para as crianças da Ossa fazerem aulas gratuitas aqui na Apcef”, revelou.

Na opinião do presidente da Fenae, Sergio Takemoto, esse é objetivo da proposta da Fenae: “Ficamos felizes em proporcionar esses avanços no desenvolvimento pedagógico das crianças. Neste segundo edital, o aprimoramento e continuidade da realização das atividades orientadas pelas psicopedagogas fazem toda diferença na formação enquanto cidadãos”, avaliou. 

Movimento Solidário nos Jogos

No estande Fenae Transforma as vendas dos produtos do Movimento Solidário estão a todo vapor. Os produtos sustentáveis confeccionados com as lonas dos eventos da Fenae fizeram sucesso novamente entre os empregados e empregadas Caixa que participam dos Jogos. 

Além das térmicas, ecobags, mochilas e aventais, os sousplat e porta-pães chegaram como novidade e tiveram uma grande saída. Os valores arrecadados são revertidos para os projetos da parceria Fenae/ONG Moradia e Cidadania e Apcef/PR.

Top